Paletó de Madeira

28 01 2009

Até o momento vida nova para você e sua família
Volta ao tempo de inocência e esperança
Da sua casa e do seu sentimento por ela

Já no instante que vejo meu corpo ferido por sorrisos mirabolantes
Nada mais é como antes
E já não duvido de mim

A poeira emperra a porta e suja os livros
Mas tudo será consertado e limpo
Pois estamos de volta
Elogios e insultos que me deixam com vergonha
O sol está baixo
E a chuva por vir
Estou sossegado e liberto
Dos desgostos secretos
Que eu antes escondia

Claro está o dia e a tua beleza
Ai de mim linda princesa
Põe cama, põe mesa
Sempre a sorrir e a cantar
Quem seria eu pobre humano
Sem o brilho do teu olhar

Meu terno já não veste mais
Almoço não mata a fome
E dinheiro não satisfaz
Só o teu amor é o que pode me salvar
És a minha corda
Que me tira do buraco
Que acabei de cavar.

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: